4

Teoria da Conspiração - 11 de Setembro

Teoria da Conspiração - Tudo aquilo que eles não querem que você saiba...


Coisas intrigantes sobre o 11 de Setembro


Cronograma dos eventos ocorridos em 11/09/01
  • na manhã de 11 de setembro de 2001, 19 terroristas de origem islâmica embarcaram em quatro vôos domésticos nos Estados Unidos;
  • 7:59 - o vôo 11 da American Airlines decola do Aeroporto de Logan em Boston;
  • 8:14 - o vôo 175 da United Airlines também decola do Aeroporto de Logan em Boston;
  • 8:20 - o vôo 77 da American Airlines decola do Aeroporto de Dulles em Washington;
  • 8:40 - o vôo 93 da United Airlines decola do Aeroporto de Newark em Nova Jérsei;
  • 8:45 - o vôo 11 atinge a Torre Norte do WTC;
  • 9:03 - o vôo 175 atinge a Torre Sul do WTC;
  • 9:25 - a FAA - organização governamental americana que supervisiona e regula o tráfego aéreo - exige uma "aterrissagem geral" para todas as aeronaves nos Estados Unidos. Nenhum avião poderá decolar e todas as aeronaves deverão pousar;
  • 9:30 - o Presidente Bush faz um discurso à nação e relata os eventos como "ataques aparentemente de terroristas";
  • 9:43 - o vôo 77 atinge o Pentágono;
  • 10:05 - a Torre Sul desaba;
  • 10:10 - o vôo 93 cai na Pensilvânia;
  • 10:10 - o muro do Pentágono desaba;
  • 10:28 - a Torre Norte desaba;
  • 17:20 - o Edifício 7 do WTC desaba;
  • 20:30 - o Presidente Bush faz um discurso à nação culpando os terroristas pelos ataques.
Todos os fatos registrados nessa relação realmente ocorreram, e em sua maioria foram transmitidos ao vivo. A "história oficial" oferece uma explicação para esses eventos e tudo faz sentido sob uma perspectiva.

Vários aviões foram seqüestrados no passado, por isso é muito fácil imaginar um ataque à quatro aeronaves coordenados de uma vez. A idéia de usar aeronaves de grande porte como bombas voadoras foi inovadora e engenhosa, mas dentro das possibilidades da situação.

Dessa forma, para dar início a uma teoria da conspiração, deve haver um fato sem uma explicação satisfatória. Em algumas teorias, os aspectos são muito sutis. Mas no caso do 11 de setembro, há quatro ocorrências que não fazem muito sentido na história oficial.

  • Três arranha-céus desabaram - nunca um arranha-céus havia desabado devido a um incêndio. Quando as Torres Norte e Sul desabaram, deve ter soado crível, pois aeronaves de grande porte se chocaram contra elas. Mas quando o WTC 7 desabou, causou estranheza.
  • O modo como o presidente e seus negociadores reagiram quando o segundo avião se chocou contra a Torre Sul, que foi estranho. Quando o primeiro avião se chocou contra a Torre Norte, o comportamento da equipe presidencial é perdoável, porque talvez ninguém tivesse ciência do ocorrido. Todavia, quando o segundo avião se chocou, todos tinham conhecimento do ocorrido, e portanto o modo como o presidente e seus negociadores agiram foi estranho.
  • O Pentágono corria risco de ser atingido por um avião de carreira. Pelo que parece, tal fato parecia completamente impossível. O Pentágono é o nervo central da maior e mais sofisticada organização militar que o mundo já conheceu. Dessa forma, é sensato pensar que existe um sistema defensivo a postos, tornando o conjunto de edifícios invulnerável. Certamente edificações como o Pentágono estariam protegidas por mísseis antiaéreos, não é mesmo? O ataque sobre o Pentágono aconteceu 58 minutos após o primeiro avião colidir contra a Torre Norte, o que seria tempo suficiente para rastrear os jatos e proteger Washington, mesmo que não houvesse mísseis em terra.
  • Nenhum dos quatro aviões seqüestrados foi abatido por caças, embora esse tipo de intercepção seja comum. Isso é estranho, especialmente no caso do Pentágono. O jato de Payne Steward Lear saiu de curso em 1999. Logo em seguida, mais de 10 aviões o interceptaram, sendo que a primeira intercepção aconteceu 20 minutos após os controladores de vôo terem tomado ciência do problema. Então, porque não houve uma resposta imediata aos quatro aviões seqüestrados.
Só para a coisa ficar um pouco mais sinistra algo parecido ocorreu durante o governo de Hitler:

Incêndio no Reichstag

Na noite de 27 de Fevereiro de 1933 houve um incêndio no parlamento alemão, o Reichstag, que viria a mudar o curso da História Mundial, ao ser o principal impulsionador da ascensão de Adolf Hitler ao poder. Quando a polícia chegou ao Reichstag, encontrou o holandês Marinus van der Lubbe de 24 anos de idade, que foi imediatamente torturado pela Gestapo de forma a confessar que tinha iniciado o incêndio.

Para além de Marinus van der Lubbe, a polícia alemã acusou outros quatro comunistas de cumplicidade no acto de provocarem o incêndio no Reichstag. Entre esses comunistas encontrava-se o presidente do partido comunista Georgi Dimitrov.
Marinus van der Lubbe foi considerado culpado e executado a 10 de Janeiro de 1934. Os restantes acusados foram absolvidos, tendo Hitler decidido que os futuros casos de traição deixariam de ser julgados pelo Supremo Tribunal Alemão passando a ser julgados por um Tribunal do Povo cujos membros seriam nazistas.

Segundo o historiador William L. Shirer, está provado “para além de qualquer dúvida razoável” que o incêndio no edifício do Reichstag, foi perpetrado por um grupo de comandos de Hitler que utilizou combustíveis líquidos para acelerar a combustão e provocar rapidamente um imenso braseiro. Marinus van der Lubbe, terá sido apenas um bode expiatório, manipulado pelos nazistas. Antes de o incêndio estar apagado, Adolf Hitler apressou-se a responsabilizar os comunistas por aquele horror.

Depois da máquina de propaganda nazista ter feito com que se passasse mensagens contra os comunistas na imprensa a propósito da cobertura jornalística do incêndio, Hitler fez com que o fragilizado presidente von Hindenburg declarasse o estado de emergência e autorizasse o decreto que permitia, entre outras coisas, limitar a liberdade de imprensa e de expressão.
Começou então a perseguição aos comunistas. Todas as actividades políticas, encontros e publicações dos partidos anti-nazis foram banidas, tendo, igualmente, sido decretado que qualquer campanha contra os nazis seria considerada ilegal.

Os jornais e a rádio controlados pelos nazis publicavam provas falsas da conspiração comunista, afirmando que apenas Hitler e os nazis eram capazes de prevenir a chegada ao poder dos comunistas.

A 5 de Março de 1933 foram realizadas as últimas eleições livres na Alemanha, tendo os nazistas obtido 44% dos votos para o Reichstag, praticamente a maioria absoluta.
A inacreditável máquina de terror e morte idealizada pelos nazis iria começar a ser engrenada.
O mundo não estava preparado para o vendaval de loucura assassina, que se seguiria até ao final da Segunda Guerra Mundial.

(fontes: How Stuff Works e A Fábrica )

4 comentários:

Johnny disse...

Bom post chico ^^

Kelvin Paul disse...

O post fico bom! Mas, pense um pouco: que diferença faz se as teorias conspiratórias são mais do que teorias? Ainda assim somos meio que "insignificantes" diante do que alguém com poder de manipulação pode fazer. No final das contas a vida de quem acredita nisso (desde que não fiquei paranóico pelo discurso legítimo e oculto)continua igual, monótona e insignificante...A grande maioria das pessoas do mundo estão lá exatamente para servir de massa modelável. Foi-se o tempo em que a verdade libertava o Homem de seus grilhões; hoje é a própria verdade que nos acorrenta. Mais do que conhecer e entender o mundo e a humanidade em toda a sua arrogância, é preciso ter a vontade de querer mudar isso; infelizmente essa posição é cada vez menos inspiratória...

May. disse...

Fiquei com vontade de fazer um comentario de historiadora sobre a segunda guerra, mas vou ficar quietinha ;)
Legal o post.

Fernanda disse...

esse teu post tá muito incompleto com esse monte de 'muito estranho'.
antes de escrever sobre alguma coisa, por que não faz uma pesquisa DECENTE?
tem tantas outras partes da teoria de 11 de setembro que são muito mais sólidas que esses seus argumentos escassos. Estou comentando aqui como, mais ou menos, uma crítica construtiva. Pois a internet é um meio de informação e se você não sabe direito do que está falando, por que falar? Desinformação é algo desnecessário. Boa tarde.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...